Unir o uso de tecnologias ao desenvolvimento de boas práticas de prevenção é o caminho ideal para evitar possíveis fraudes

A sofisticação e complexidade nos esquemas de fraude crescem dia após dia. Seja com o roubo de dados por meio de sites falsos ou a solicitação de empréstimos utilizando dados de terceiros, por exemplo, a verdade é que o livre acesso de informações disponibilizadas na internet, sem a proteção de sistemas robustos antifraude, tem potencializado, e muito, a prática desses cibercrimes.

Para se ter uma ideia, somente no primeiro semestre deste ano, o Brasil registrou a marca de 1,9 milhão de ataques fraudulentos, número que corresponde a um aumento de 15,6% em relação ao mesmo período de 2020. Mas como evitar ser a próxima vítima desses ataques fraudulentos? Para tanto, qual o primeiro passo para estabelecer boas práticas de prevenção à fraude?

Investir em sistemas antifraude é, sem dúvidas, uma das etapas mais importantes nesse processo. Felizmente, o investimento nessas tecnologias tem se expandido, de modo que o mercado global de prevenção a perda de dados cresceu de U$ 0,96 bilhão em 2015 para U$ 2,64 bilhões em 2020, o que representa uma taxa anual de crescimento de 22,3%, de acordo com dados disponibilizados pela Markets and Markets.

Como estruturar uma
área de prevenção à fraude?

Lidar com o vazamento de informações sensíveis no meio corporativo ainda é um grande desafio para os gestores, exigindo uma combinação de fatores, sempre com a tecnologia dando suporte e facilitando o processo. Nesse sentido, junto ao desenvolvimento de boas práticas de segurança digital, a utilização de soluções tecnológicas surge como grande aliada. Vale reforçar que, nessa etapa de estruturar uma área eficiente de prevenção, é importante:

» Identificar possíveis fatores de riscos
» Adotar processos internos rígidos, alinhados com as melhores práticas de mercado
» Investir no uso da inteligência analítica para identificar e afastar ameaças, evitando vulnerabilidades.

É importante, ainda, independentemente das medidas e estratégias a serem adotadas pela empresa, estabelecer uma cultura de monitoramento de fraudes, tornando esse procedimento uma demanda prioritária, visto que ela pode ajudar na prevenção de futuros ataques.

Onboarding digital
como ferramenta antifraude

Em processos de validação cadastral, o onboarding digital surge como a melhor estratégia. Possibilitando que a etapa de averiguação de novos cadastros se torne mais ágil e segura, a ferramenta analisa informações dos usuários como RG, CPF e CNH, além da verificação de imagens e dados do próprio documento, entre outras formas de validação.

Todo esse procedimento que aplica tecnologias disruptivas – a fim de garantir um maior nível de automação nos processos de coleta, validação, armazenamento e gestão das informações recebidas pelo usuário –, tem como principal objetivo fazer com que as empresas tomem decisões mais assertivas, baseadas em dados concretos. Além disso, por se tratar de uma operação que garante retorno quase que imediato, entrega, ainda, uma UX (User Experience, ou Experiência do Usuário, em tradução livre) mais rica e simplificada.

Nós, da Nextcode, contamos com diversas soluções para onboarding digital. De forma 100% automatizada, analisando mais de 80 tipos de documentos diferentes, nossos processos buscam reduzir erros e prazos, visto que a verificação é realizada em poucos segundos. São cerca de dois milhões de documentos verificados mensalmente, com um tempo médio de 13 segundos de processamento.

Vale reforçar que combater ataques de maneira adequada e coordenada representa uma vantagem competitiva em relação aos concorrentes. Por isso, garantimos mais de 95% de acurácia nas informações, acelerando a jornada de KYC (Know Your Customer ou Conheça seu Cliente).

Oferecemos soluções de prevenção a fraudes embarcadas em alta tecnologia para verificação de identidade com agilidade e precisão, análise 100% automatizada. Estamos apoiando as instituições em seus processos de validação cadastral, e acima de tudo, prezando pelo relacionamento com seus usuários, com o propósito de identificar o que é realmente genuíno. E o Onboarding Digital está em nosso DNA. Vem pro Time Nextcode!

Não deixe de conhecer nossas soluções

Caio Delgado

Caio Delgado

Head de Desenvolvimento, inovando e criando as melhores soluções em verificação digital, para identificar o que é realmente genuíno.

Leave a Reply