Em um universo cada vez mais conectado, estabelecer algumas estratégias de cibersegurança é indispensável 

O avanço tecnológico tem ampliado expressivamente o número de pessoas e empresas conectadas à internet. No entanto, essa demanda aumentou a vulnerabilidade e exposição dos usuários na web, visto que, com uma série de informações sensíveis armazenadas em diversos bancos de dados, acaba se tornando mais fácil que hackers cometam práticas ilegais, uma vez que adquirem esses dados pessoais.

Para se ter uma ideia, de acordo com dados divulgados pela empresa alemã Roland Berger, o prejuízo global com ataques cibernéticos a empresas deve chegar a US$ 6 trilhões em 2021, o valor corresponde a três vezes o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Com mais de 9,1 milhões de ocorrências, o Brasil ocupa o quinto lugar com mais registros de ataques hackers contra empresas, ficando atrás apenas de EUA, Reino Unido, Alemanha e África do Sul. 

Além disso, o relatório Data Breach Investigations Report, de 2020, revelou que 86% dos ataques cibernéticos tiveram motivação financeira. Para se prevenir contra violações digitais que possam trazer prejuízos às empresas, é importante estabelecer algumas medidas de cibersegurança. Listamos, aqui, algumas práticas indispensáveis. 

  1. Treinamento de segurança digital junto à equipe 

Para manter um ambiente digital seguro, o primeiro passo é, sem dúvidas, orientar e conscientizar todos os colaboradores a estabelecerem um comportamento adequado na web. Uma vez que os usuários são a principal porta de entrada para problemas de segurança na internet, clicando em e-mails falsos, realizando downloads de arquivos maliciosos, ou até mesmo clicando em anúncios falsos nas redes sociais, por exemplo, é importante ter cautela para evitar que dados da empresa sejam expostos.  

Para ampliar o comportamento coletivo na internet, é possível, ainda, que a empresa desenvolva diretrizes que orientem sobre o uso correto da tecnologia dentro da organização, ou seja, aplicando regras de uso da internet, na instalação de programas em computadores e na utilização de aparelhos e equipamentos pessoais no ambiente de trabalho. 

  1. Atualização de antivírus nos dispositivos 

Pode parecer óbvio, mas é importante reforçar a ideia de adquirir um antivírus de acordo com o tipo de proteção necessária para cada dispositivo, ajustando todas suas configurações para realizar varreduras periódicas. Um antivírus desatualizado ou com a proteção em tempo real desativada perderia a eficiência e deixaria os computadores mais vulneráveis. 

Alinhado a isso, é importante estabelecer uma frequente atualização dos softwares instalados nos equipamentos. Uma vez que essas soluções passam por frequentes evoluções, trazendo novas funções e melhorias às plataformas, para evitar possíveis defeitos ou má funcionalidade do sistema e aumentar seu desempenho, esse processo é crucial. Nessas correções, é fundamental buscar por soluções contra a vulnerabilidade e segurança nos pacotes de software

  1. Backups das informações 

Estabelecer uma rotina de backup é uma estratégia essencial de proteção digital. Sistemas de backup possibilitam, por exemplo, recuperar dados sensíveis em caso de qualquer acidente, falha no sistema ou em um ataque cibernético. Caso isso ocorra, para restaurar os dados, é importante, sobretudo, que essa cópia de segurança seja feita em um local diferente do original em que ficam os dados, facilitando a recuperação das informações. 

Destaque para o Onboarding digital

Durante a validação cadastral de novos clientes, o onboarding digital se torna uma ferramenta indispensável, que garante mais segurança e escalabilidade ao processo. Aplicando tecnologias disruptivas, a solução tem como objetivo permitir um maior nível de automação nos processos de coleta, validação, armazenamento e gestão das informações recebidas pelo usuário. 

Para concluir o onboarding digital, a validação conta com diversas tecnologias e passa por diferentes etapas, em que são checados dados do usuário, de seu documento de identificação, comparações entre sua imagem e uma selfie, entre outras verificações. Com o intuito de barrar possíveis fraudes de identidade, o onboarding digital ajuda a empresa a identificar se aquele usuário é realmente quem diz ser, podendo seguir ou não com o processo de cadastramento.   

A Nextcode oferece soluções de prevenção a fraudes embarcadas em alta tecnologia para verificação de identidade com agilidade e precisão, análise 100% automatizada. Estamos apoiando as instituições em seus processos de validação cadastral, e acima de tudo, prezando pelo relacionamento com seus usuários, com o propósito de identificar o que é realmente genuíno. E o Onboarding Digital está em nosso DNA. Vem pro Time Nextcode!

Não deixe de conhecer nossas soluções

Samuel Link

Samuel Link

Head Comercial na Nextcode. Levando aos clientes as melhores soluções em verificação digital para identificar o que é realmente genuíno.

Leave a Reply